Abraçados


Eu te amo apertado

invisível

em grão granulado

eu te amo afastado

mais longe do céu


que avião pousado

menos igual

a bife bem passado

especificamente aumentado


eu te amava atrasado

ou no início do filme

na imagem do trailler

no cigarro tragado


eu te amei esfumaçado

numa ordem singela

exatamente onde

iluminou

apagado

Comments

Franco said…
nice theme!
that is my page: www-franco.blogspot.com
carô said…
linda!!!
ana rüsche said…
tenho te lido por aqui mesmo. onde escontrar mais?

pessoas que encontro no tome uma xícara de chá são quase infalivemente interessantes.

beijo.
Dona said…
carowlinda, saudade!

ana, por enquanto aqui, poeta em breve!
bienvenida!
paulamanzo said…
que lindo, faleiros!
levitantes said…
será um prazer!
terá muitas coisas p se fazer ai, né? diz que sim diz que tem diz o que deixa p ser surpresa!
bjuss
ana rüsche said…
oi, girl!

ah, sabe que pelos auto-retratos (ó-ti-mos!), sei sim quem vc é, sou péssima de fisionomia, nomes, apesar de adorar conhecer pessoas.

convitinho entonces: na terça-feira, dia 3, umas 20h, iremos nos reunir na casa das rosas para pensarmos "o que fazer" nos próximos meses, tipo, não sei se vc conhece o Projeto Identidade e/ou O Casulo, mas é essa galera. São, no mínimo, pessoas legais. Tá convidadíssima. Se não der, o mundo é cheio de oportunidades.

beijinhos, te linkarei assim não esqueço de passar aqui.,
Dona said…
levitante,
vou te levar e não te conto.

ana,
adorei o convite e estarei lá.

renatita,
amo.