Dentro da idéia de menor e fora de maior

E com o meu dedo indicador achatado, vê-se o fácil condicionamento causado pela fartura dos bens não dados.
E é claro. A lógica da aparição só se dá em resolução de espelho. Sendo que a moldura é uma parte a mais na contagem regressiva. Os ônus apertados acabaram sendo alcançados com o decorrer das pernas. Os descontos negativos interferem no tempo gasto. A veiculação do amor se dá acompanhada de uma rosa presa ao cabelo. Uma frágil cumplicidade com o parceiro que no escuro e de mãos dadas conhece o utensílio. No que ele vê nos cílios, ao cair na bochecha, deve conceder um tapa que implicará na realização de um desejo. E se o seu parceiro for, ele dirá. Mas se essa ocorrência for sendo a simples ausência. Não está lá. Mesmo que haja menos na fala as palavras transformadas em respostas ofensivas e oferecidas. Até no caso de ser passiva a escolha. Há. Isto é, o acaso é um atrito de falta grave. Em uma ou mais áreas desconhecidas e que se esmera contornar. Quem levantar os pés primeiro será corajoso e, isto é, um método de alto rigor técnico que quase nos acompanhará.

Comments

li said…
na perna tensa,
a cãimbra acaricia
Anonymous said…
Esse faz referências não? Temos que comentar em poema?.... Mas não sei!
Parece só... E daí eu sou feliz
ciao dona?
Anonymous said…
esta noite...... não!!! perdão mas a comunicação é difícil!
Anonymous said…
esta noite...... não!!! perdão mas a comunicação é difícil!
Dona said…
dessa vez o problema da comunicação foi comigo. mas escutei o recado...
Anonymous said…
"Não goste do amor

Goste de alguém que te ame alguém que te espere, alguém que te compreenda mesmo nos momentos de loucura; de alguém que te ajude, que te guie, que seja seu apoio, tua esperança, teu tudo.
Goste de alguém que não te traia, que seja fiel, que sonhe contigo, que só pense em você, que só pense no teu rosto, no teu espírito e não no teu corpo nem nos teus bens.
Goste de alguém que te espere até o final, de alguém que seja o que você escolher.
Goste de alguém que sofra junto contigo, que ria junto a ti, que limpe tuas lágrimas, que te abrigue quando necessário, que fique feliz com tuas alegrias e que te de forças depois de um fracasso.
Goste de alguém que volte prá conversar com você depois das brigas, depois do desencontro, de alguém que caminhe junto a ti, que seja companheiro, que respeite tuas fantasias, tuas ilusões.
Goste de alguém que te ame.
Não goste apenas do AMOR, goste de alguém que sinta o mesmo sentimento por você, que goste realmente de você..”
Ass. SUA IRMÃ ADOTIVA
s... said…
pensei em vocé... beijos