Oi. Parei de tomar uma insônia que me faz dormir. Eu parei de me tampar com lençol, de me destapar, de me descobrir. Eu parei de movimento contrário reformada agrária. Continuo abarrotada. Temos um relógio a despertar. Como pode um celular cortar relógios de pulso. Parece que falta um O entre o (éle e o eu). Que suspende esse apê - que suspense. A água que faz a planta não morrer? Ou há luz? Bom, tchau.

Comments

a morte é um acontecimento único, a la plath! muito bom. dona mandando ver, hein? marcado dia 9 saravejo? tenho manias de querer agendar coisas muito antes, mas fica a idéia e falamos!
beijo
Dona said…
sim, dani. marcado.
também gosto de antecedência.
beijões